literatura

Resenha: A chave e além da chave (José Arrabal)

domingo, abril 15, 2018

Decidi começar essa resenha falando primeiro do autor e depois de seu livro. José Arrabal é um escritor, jornalista, tradutor e professor universitário nascido no Espírito Santo e morador de São Paulo. Já publicou mais de 50 livros e um deles já foi resenhado aqui no blog: Lendas Brasileiras, também publicado pela Paulinas Editora, parceira do blog. 
Em A chave e além da chave, o autor demonstra seu amor pela arte de escrever.

"E quem expressa suas recordações através da linguagem poética das palavras - conforme se faz presente no bosque de imagens das Artes dos povos - ao narrar, elabora e constrói Literatura." (fala do autor na contra-capa do livro)

A obra reúne contos e segue o sentido da Coleção Ponto de Encontro: fornecer múltiplas possibilidades de justas vivências, na satisfação que concede o convívio com a leitura. 


Os contos são curtos, possuindo menos de 10 páginas cada, e retratam muito da realidade brasileira, de seus costumes e crenças. Dá pra sentir com a leitura que tudo aquilo foi de alguma forma vivido pelo autor, e o sentimento durante a leitura de alguns contos era de que eu vivi aquilo também. 


O livro me trouxe uma nostalgia enorme, lembrando muito as leituras de autores brasileiros que fiz na época da escola. Recomendo muito para quem está buscando algo leve e agradável para ler.  

ISBN: 978-85-356-3678-9
Editora: Paulinas
Nota: 5/5

beleza

Vou te contar: minha rotina matinal de cuidados com a pele

sábado, abril 14, 2018


Semana passada vi um post super legal no blog na Lominha, onde ela compartilhou os produtos que usa para cuidar da pele pela manhã. Inspirada pelo post dela, resolvi também compartilhar com vocês a minha rotina de cuidados, que já venho mantendo há um tempo. 
Vez ou outra modifico os produtos que uso, pois além de adorar testar novos cosméticos, sempre recebo recomendações da minha dermatologistas sobre produtos que podem me ajudar com problemas específicos da minha pele. Aproveito a deixa para deixar claro que antes de usar qualquer produto é importante consultar o seu dermatologista, pra ter certeza que é algo indicado para o seu tipo de pele. 

Passo 1: Limpeza


Acho que esse é o primeiro passo da rotina da maioria das pessoas, e é também um dos mais importantes. Manter a pele limpa e livre de impurezas ajuda muito a saúde dessa parte do nosso corpo, e no meu caso, que tenho pele oleosa, é essencial pra não deixar minha cara parecendo que caiu num frasco de iluminador. Por muito tempo eu usei o Sabonete Líquido Actine, da Darrow Dermocosméticos, que me ajudou muito no controle da acne e me salvou dos temidos cravinhos. Porém na minha última consulta com a dermatologista me foi recomendado o uso do Actine Control, que tem um poder maior sobre o controle da oleosidade e do brilho, e de quebra previne a acne. Já estou usando há duas semanas e amando tanto quanto o Actine para pele acnéica. Vai com certeza continuar na minha rotina por um bom tempo!

Passo 2: Proteção


O segundo passo é mais um indispensável na minha rotina há um bom tempo: protetor solar! Passei anos sem dar importância ao uso desse produto e o resultado foram várias manchas de sol no rosto =/ Depois de passar por isso me orientei e passei a ter mais cuidado com a exposição solar. Atualmente uso o L'oreal Solar Expertise FPS 70, que é ideal para pele oleosa por ser anti-oleosidade, além de ser também anti-umidade e anti-resíduos. A minha dermatologista me indicou o uso de protetor solar com textura gel-creme e de toque limpo, que deixa a pele bem sequinha. Além disso, para ajudar com as manchas, me foi indicado por ela o uso de um protetor solar com cor. Tudo isso o Solar Expertise tem! De quebra o produto ainda promete prevenir o envelhecimento, rugas e manchas causadas pelo sol. Estou amando! 

Passo 3: Tratamento


Esse produtinho é quase milagroso e virou meu aliado no meu tratamento contra estrias e manchas na pele. Uso o Bio-Oil todos os dias após o banho nessas áreas problemáticas, e já estou vendo resultados. Além disso descobri recentemente que ele também é um aliado no tratamento contra olheiras, então vez ou outra uso um pouquinho sob os olhos. Super recomendo!

Passo 4: Hidratação


O que a pele do meu rosto tem de oleosa, a do meu corpo tem de seca. Sofro com esse problema desde a infância e já usei vários hidratantes, até que um dia uma dermatologista me indicou o uso de um produto à base de ureia. Por muito tempo usei o Ureadin da Isdin, que me ajudou muito com o ressecamento, mas de uns tempos pra cá venho utilizando essa loção mais barata da Dauf, que é produzido pela Farmácia Pague Menos. Esse produto custa metade do preço do Ureadin e também possui 10% de ureia em sua composição, e tem me trazido bons resultados. Só que sinto falta do Ureadin é a sua textura mais levinha, mas ainda assim esse da Dauf não pesa na pele como aqueles outros hidratantes para pele extra seca.


Vez ou outra também hidrato minha pele com esse óleo da Muriel, que como vocês podem ver pela quantidade, já uso há um bom tempo. Famosa por seus produtos capilares, a marca também possui em seu catálogo óleos hidratantes incríveis. Esse é com óleo de amêndoa com argan, e promete restaurar a camada da pele evitando o ressecamento e envelhecimento precoce. Apesar de não seu muito fã de óleos corporais, vez ou outra troco o hidratante pelo uso deste e adoro o resultado.

Essa é a minha rotina de cuidados com a pele da manhã. Tento mantê-la assim, simples, com poucos produtos, pois assim consigo dar conta de tudo antes de sair para o trabalho. Me contem nos comentários se querem que eu compartilhe também a minha rotina noturna!

xoxo

literatura

Resenha: Cartas a povos distantes (Fábio Monteiro)

sexta-feira, abril 13, 2018

Quem acompanha o blog ao menos desde o ano passado já deve conhecer a minha parceria com a Paulinas Editora, que tem publicações incríveis que são sempre resenhadas por aqui. Hoje vim falar de um livro ganhador do Prêmio Jabuti, o mais importante prêmio literário do Brasil, na categoria jovem em 2016, e que foi escrito e ilustrado por conterrâneos meus. 


Cartas a povos distantes teve sua primeira edição publicada em 2015 e conta por meio de cartas a história de Giramundo, um menino cheio de invenções que recebe uma carta misteriosa vinda de Luanda, capital da Angola. Curioso, Giramundo responde cheio de perguntas a carta deste amigo, o que dá início a uma bela amizade por correspondência.


Apesar de ser uma obra voltada para o público juvenil e aparentar ser uma leitura leve e divertida, o livro também trás em suas cartas relatos que remetem à situação política de Luanda, devido a guerra que ali aconteceu por tantos anos. Nas notas do autor ao final do livro, entendemos melhor os motivos de sua preocupação em retratar esta realidade, dentre eles o fato de tanto Angola quanto Brasil terem sido fruto de uma mesma colonização portuguesa. Como o autor afirma: as fronteiras que nos separam são menores que imaginamos (p.90). 


Sobre as ilustrações do livro, gostaria de dizer que estou impressionada com o trabalho do André Neves. Seus traços refletiram a figura travessa do Giramundo, assim como a inocência da infância e a vontade de descobrir mais sobre o mundo. É um lindo trabalho, daquele que nos faz parar um pouco a leitura só pra apreciar a perfeição do desenho. 


Adorei conhecer esta obra-prima feita por dois incríveis artistas recifenses. Recomendo muito a leitura pra quem está buscando conhecer mais da literatura local - tenho buscado ler mais livros de autores brasileiros, uma vez que percebi que a maior parte da minha estante é de estrangeiros. 

ISBN: 978-85-356-3909-4
Editora: Paulinas
Nota: 5/5

Me contem nos comentários o que acharam da resenha!
xoxo

Pinterest