wishlist

Wishlist: Baginning

terça-feira, novembro 13, 2018

Quem aí é louca por bolsas levanta a mão o/ Por mim eu usava uma diferente em cada look, hehe Por isso fiquei animadíssima quando a Baginning me convidou para apresentar a loja online deles pra vocês. O site é recheado de bolsas lindas! E pra te apresentar essas belezuras, resolvi fazer uma lista de desejos repleta de modelos lindos que você pode encontrar no site da loja.


As bolsas transparentes são as queridinhas do momento, não é mesmo? Acho super fofas, e o mais legal é que dá pra ousar com os forros coloridos. A Baginning tem essa opção em várias cores, e você pode comprar clicando aqui.


Gosto muito desse modelo de bolsa por ser super prático e por caber muita coisa. Elas são ótimas para usar na faculdade, quando você está carregando vários livros mas não quer estragar o look com uma mochila. Adorei muito também esse tom de rosa <3 E o melhor: esse modelo está em promoção! Confira detalhes clicando aqui.


Outra tendência do momento são as bolsas de palha! Achei essa linda, e como sou fã de bolsas grandes adorei o tamanho dela. O lacinho dá um charme especial! Compre clicando aqui.



Por fim, fiquei desejando esta bolsa mais clássica, mas que não deixa de ser estilosa. Sou fã de verde militar, então por isso adorei esta, mas o site tem ela disponível em várias cores! Confira clicando aqui.

É isso pessoal! Não deixem de conferir o site da Baginning para mais modelos lindos!

comportamento

Vivendo sob o rótulo da ansiedade

quarta-feira, novembro 07, 2018


Os últimos meses tem sido conflituosos, e sinto que não só para mim, mas para a humanidade como um todo. Acho que chegamos em um ponto onde a sociedade não consegue mais respirar no mesmo ritmo: tá cada um de um jeito. Tem gente vivendo em sua bolha, e que consegue ficar de boas com tudo; tem gente que mesmo fora da bolha aprendeu a respirar e praticar o deboísmo; e tem gente, MUITA gente, que desenvolveu transtorno de ansiedade e outros problemas e vive com o coração apertado. Tem muito mais tipos de gente por esse mundão também, mas eu me enquadro nesse terceiro tipo que descrevi. E isso me afetou muito nesse ano. 


Descobri que eu sou conhecida por ser ansiosa. Eu sou a minha ansiedade, ou pelo menos é assim que as pessoas me veem. Eu confirmei isso na minha apresentação de TCC: quando o meu próprio orientador, num momento de avaliação, colocou a minha ansiedade como parte do meu processo de construção daquele trabalho, frente outras questões que nada envolviam esse "problema" ou a doença em si. Daí beleza, eu fui aprovada no meu curso, fiquei feliz, mas aquilo ficou na minha cabeça... "Sério que tudo o que faço é visto sob o espelho da minha ansiedade? Que todas as minhas ações são um reflexo disso?". 
Daí veio a aula da saudade. Discursos sobre cada um dos colegas de turma, e mais uma vez... páh! A minha marca, o que ficou registrado na galera que conviveu comigo durante 4 anos, foi o quanto eu sou ansiosa. Nossa, isso ficou na minha mente por dias. E sabe, eu não culpo ninguém por isso. Nem me culpo também. Mas daí comecei a pensar no que faz todo mundo me enxergar assim. 


Eu sempre fui muito aberta sobre os meus "problemas" psicológicos. Nunca escondi que tenho ansiedade, que faço terapia, que tomo medicação. Divido essa parte da minha vida com as pessoas assim como divido as minhas alegrias, realizações, etc. Só que o que tenho observado é que ansiedade ainda é tabu. Mesmo nos dias de hoje, com Augusto Cury vendendo milhões de livros sobre o tema por aí. Com tantos artigos sobre isso na internet, e sobretudo com tanta gente sofrendo dessa doença. 
Eu sou enxergada como uma pessoa ansiosa por quê eu não escondo que sou ansiosa. Por quê eu agarro a mão do meu amigo e digo "estou entrando em crise, me ajuda". Por quê eu não tenho medo de falar sobre o assunto. E por quê as pessoas ainda não entenderam que ansiedade é algo que faz parte da vida de muita gente, e que precisa de atenção. As pessoas com ansiedade, depressão, síndrome do pânico ou o que seja, precisam ser ouvidas. E precisam ser tratadas como qualquer outra pessoa.  Uma doença pode ser uma parte de você, mas ela não te define.  
Espero que se você sofre de algum transtorno psicológico, você consiga se enxergar para além dele. E eu peço a você, que está ao lado de alguém que sofre dessa realidade, que olhe para essa pessoa para além do momento que ela está passando. Enxergue o que está lá dentro, a sua personalidade, as suas habilidades... 
Eu vou continuar assim, sem me esconder, por quê um dia quero me livrar disso. Quero poder respirar tranquila também. E por isso divido o meu fardo com você, com meus amigos, com minha família. Por quê a gente tá aqui pra se ajudar. E é assim que um dia tudo vai ficar bem ❤️

moda

Comprando roupas formais sem gastar muito

terça-feira, outubro 09, 2018

Hello people! Quem me segue lá no Instagram já ficou sabendo que eu me formei recentemente. Há mais de um ano atrás fiz um post sobre formatura aqui no blog, discutindo se gastar com o evento vale a pena, e isso me ajudou muito na minha decisão sobre a minha. Colei grau e tive uma bela celebração, que vai ficar pra sempre na minha memória! Porém ainda estou pagando alguns dos itens no meu cartão, haha E como sei que esses gastos preocupam muita gente, vim dar uma dica sobre como comprar roupas formais gastando pouco. 

A FormalDressAustralia, loja online parceira do blog, é recheada de vestidos lindos. Longos, curtos, decotados, coloridos... Tem de tudo que é tipo! Mas hoje vim falar em especial sobre as opções com melhor preço no site. 







A sessão de Cheap Formal Dresses tem vários vestidos lindos com baixo custo quando comparados às outras categorias. O primeiro lá em cima me conquistou por ter uma vibe de primavera, com cores claras e um caimento lindo. O segundo, em preto e branco, é mais casual e traz uma proposta que combina com vários ambientes. Já o terceiro é um vestido bem mais clássico, que vai super bem caso você seja a personagem principal de um evento (formanda, debutante, etc.)







Outra categoria legal do site é a de Semi Formal Dresses. Nessa sessão você encontra vestidos "semi formais", perfeitos para convidados em eventos ou ocasiões que não exijam tanta formalidade. Lá dá pra encontrar vestidos longos e curtos, com diversas cores e modelagens diferentes. Eu adorei esse de tule com pedrarias, que é super fofo e caí super bem para debutantes. Outro que amei foi esse de chiffon com comprimento no joelho, disponível em várias cores no site. E também tem opção para as noivinhas, viu? Esse vestido branco curto fica perfeito para a cerimônia no civil ou festa de casamento mais casual. 

Qual o seu vestido preferido?
Me conta nos comentários! 


Pinterest