Vou te contar: por quê você e eu não alcançamos nossas metas

sexta-feira, janeiro 20, 2017

Faz um tempinho que não escrevo textos por aqui. Quero dizer, textos sobre comportamento, sobre coisas da vida etc. A verdade é que esse nunca foi o foco do blog, porém vez ou outra, quando estou com a cabeça cheia de pensamentos loucos, gosto de vir aqui e compartilhar algumas coisas com vocês, amados leitores. 
Com essa coisa toda de inicio de ano, é normal a gente repensar os nossos sonhos e metas. Até o ano passado, eu sempre escrevia no meu bullet journal em dezembro sobre as minhas expectativas para o próximo ano, sobre o que eu queria fazer, quais eram os meus planos e coisas do tipo. Porém no ano passado eu não realizei praticamente nada do que eu queria para 2016. Inclusive fiquei numa bad um dia desses por quê estava relendo o meu post 20 before 20 e percebi que não fiz quase nada do que queria fazer antes dos 20. E agora só faltam 3 meses!



Daí, no último mês de dezembro, eu resolvi não planejar nada. Não tenho nada em especial planejado para esse ano. Nadica. Mas calma, não tô dizendo que estou acordando todo dia sem saber o que fazer, ou sem fazer nada. Sabe o que eu fiz? Um planner. E passei a todos os dias escrever nele. Eu acordo, abro meu planner e escrevo tudo que tenho pra fazer naquele dia. Só naquele dia. Não escrevo sobre amanhã ou semana que vem. Por que como dizem por aí, o amanhã não existe.
Todo dia eu me esforço pra fazer o que planejei para aquele dia, e pronto. E nem sempre eu consigo, viu? Mas sem pressão, cada coisa é no seu ritmo. É claro que eu ainda tenho minhas metas de vida. Escrever um livro, por exemplo, continua sendo meu maior sonho. Só que não adianta só sonhar. Não adianta só definir as metas. A gente tem que fazer. Escrever um pouquinho cada dia. Realizar as tarefas de cada dia.



Eu sei que não sou a primeira pessoa a dizer isso. Você conhece aquele lema do "não sonhe, faça, simplesmente faça!". Eu já sabia. Só que eu nunca reconhecia que perder tempo sonhando demais era o que me impedia de realizar aquilo que eu colocava como meta. Por exemplo, a gente vive sonhando com uma viagem, mas nunca começa a juntar dinheiro. Não agir agora - e quando eu digo agora, é AGORA mesmo - é o motivo de nem eu nem você alcançarmos as nossas metas.
Sei que falar é diferente de fazer, mas eu queria te convidar a tentar mudar esse ano. Essa vai ser nossa única meta. Construir hábitos que nos ajudem a montar os trilhos por onde as nossas realizações vão passar. Vamos pelo menos tentar, né? Promete? 

xoxo

Posts Relacionados

24 comentários

  1. pois é, as vezes você fica preso em um loop: vou fazer metas pra ficar feliz por ter cumprido elas, fica deprimido por não ter cumprido.
    o que tu aconselhou é uma ótima forma de tentar se livrar desse ciclo vicioso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso acontece muito comigo, crio muitas expectativas e fico triste por não alcançá-las... mas é hora de mudar isso!

      Excluir
  2. Oi Malu
    Eu percebi isso também e falei sobre o tema no blog também. Acho que confundimos metas com sonhos. É bom sonhar, mas é bom também diferenciar o sonho de uma meta possível, que só depende de você pra acontecer.
    beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. A minha meta esse ano foi não ter metas e fiz uma lista do que não fazer, esse ano eu quero mais "ser" e "viver"...

    ResponderExcluir
  4. A nossa rotina e nós mesmos mudamos muito durante um ano, às vezes uma meta no início de 2016 pode não significar mais nada no final do ano. O importante é fazermos o que temos vontade e não ficarmos presos a padrões ou estigmas!

    ResponderExcluir
  5. Às vezes temos tanta coisa para fazer que nos distraímos e não fazemos nada. Acho que é bom começar em pequeno e com pequenas metas para ir habituando.

    Muita força e boa sorte! Daqui a 3 meses já terá feito muito!

    Cor Sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Amei suas dicas para sair da inércia e colocar em prática todas as metas previamente estabelecidas ♥ vou tentar segui-las! Parabéns pelo post ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico muito feliz por você ter gostado, Julie :)

      Excluir
  7. Meu sonho sempre foi viajar para Canadá, e estou fazendo tudo esse ano pra fazer acontecer. Mas o segredo é esse, acreditar e correr atrás de nossas metas. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também quero muito viver no Canadá um dia, espero que dê certo pra a gente!

      Excluir
  8. Adorei a forma em que você se expressou no texto! Eu penso da mesma forma que você, ano passado me prendi demais a coisas que não eram muito realistas na minha vida. Esse ano prometi ser mais pé no chão rs. Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Esse ano eu fiz metas, mas metas que vou cumprir simples e fáceis. Não fiquei enfeitando para ficar bonito e as pessoas ficaram tipo "uau que meta lgl". Usar o planner foi a melhor coisa que fiz nesse início de ano, ajuda muito !

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que dê tudo certo pra você Vanessa, e usar um planner tem me ajudado muuuito também! <3

      Excluir
  10. Eu estou feliz porque consegui realizar bastante da minha mata "antes dos 20" mas também acho que o melhor jeito é ir fazendo e não ficar apenas listando tudo o que a gente gostaria de fazer um dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que você conseguiu isso Yasmin, se eu for rever minhas metas que escrevi a dois anos ainda estou longe de alcançá-las, haha mas não estou mais preocupada com isso :)

      Excluir
  11. Eu amo escrever metas, pra mim é uma motivação e tanto. Amo olhar minha listinha e ver o que eu já consegui e o que não consegui ainda. O segredo é você ser bem realista nas suas metas e fazer o possível pra alcança-las e não deixar pra sempre no caderninho rsrsrs. Amei o seu blog Malu, beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Metas realistas realmente valem a pena de se fazer. Fico feliz que tenha gostado do blog, Stéfany! <3

      Excluir
  12. Malu, sabe que eu me dei conta da mesma coisa no começo desse ano? Todos os anos, sem exceção, eu tinha o costume de escrever no papel metas (não tão realistas) e sempre acabava me frustrando.

    Agora, em 2017, adotei o mesmo esquema de planejamento diário. Acredito que, dessa forma, o foco é mais preciso e pé no chão, né? As coisas estão caminhando bem, por enquanto. haha

    Beijos,
    Attraversiamo.

    ResponderExcluir
  13. Eu sou tão desorganizada que eu tentei fazer um planner diário e nem mesmo assim consegui. haha Eu também fiz uma lista ano passado de coisas que eu gostaria de fazer até final do ano, mas minha vida tomou outro ritmo e com certeza e não conseguirei fazer quase nada, ou talvez eu consiga, mas não nesse ano. Às vezes nem é o desleixo da pessoa, mas sim o rumo que a vida dela toma. Podemos estar bem hoje, e amanhã estar mal.

    ResponderExcluir

Pinterest

Parceiro