Resenha: O meu nome é Meriam (Antonella Napoli)

terça-feira, abril 18, 2017

Gente, nem sei expressar o quanto eu estou feliz por estar publicando a minha primeira resenha de um livro em parceria com a Editora Paulinas! Yaaay!
E sério, não poderia começar com um livro melhor. O meu nome é Meriam é uma história incrível, do tipo que todo mundo deve ler. Continua lendo que vou te contar o por quê...


O livro conta a história real da Meriam, uma mulher sudanesa abandonada pelo pai na infância, que cresceu sendo cristã e quando, já na vida adulta, após estar casada, ser mãe de um filho e grávida de uma menina que já estava por vir, foi acusada de adultério e crime contra as leis islâmicas. A origem da denúncia foi um homem que se dizia seu irmão por parte de pai, e que alegava que seu nome verdadeiro era Adraf Al-Hadu Mohammed Abdullah, e que tinha ido contra a xaria, o direito islâmico, por ter se casado com um homem cristão e por isso, viver em adultério. O juiz da vara local lhe deus 3 dias para renunciar a fé cristã e se converter ao islamismo, mas a mulher se manteve firme e afirmou ser ortodoxa praticante e não ter cometido apostasia, afinal nunca havia conhecido nenhuma religião que não fosse cristã.
Como dá pra perceber, a história vai muito além da vida difícil de uma mulher cristã num país predominantemente islâmico. Fala sobre o problema da intolerância religiosa, que infelizmente tange todas as sociedades, seja no oriente ou ocidente. 


Como descobrimos logo de início, Meriam acabou sendo presa em condições terríveis enquanto aguardava o julgamento de sua sentença (que poderia variar entre cem chibatadas ou enforcamento), mesmo estando grávida, e foi obrigada a ficar com seu filho de um ano e meio na cela, pois o estado islâmico não considerava o seu marido como pai de seus filhos. Apesar de todas essas condições, Meriam se manteve forte, graças não apenas à sua fé, mas também ao apoio que recebeu mundialmente de pessoas que a defendiam.


A história foi escrita pela Antonella, uma jornalista italiana e engajada em questões de relações internacionais e direitos humanos. Ela foi uma das ativistas na luta pela liberdade de Meriam, e gostei muito do modo como ela relatou essa história. Carreguei o livro comigo pra todo lado, lendo e refletindo sobre as questões que permeiam o problema da intolerância religiosa. Intolerância que acredito, assim como a autora, ser contrária aos ditames de qualquer religião, inclusive a muçulmana. 


O livro me acompanhou nos cafés depois das aulas e nas leituras tarde da noite, e o que tenho a dizer é que, se você se interessou pelo tema, leia. Vale a pena conhecer mais pelo ponto de vista de uma história tão real e recente. O livro foi publicado em 2016 e você pode comprar clicando aqui

É isso pessoal!
Deixem suas opiniões nos comentários <3
xoxo

Posts Relacionados

18 comentários

  1. parabéns pela parceria :)
    história muito interessante, e questões de diferenças religiosas sempre bate aquela vontade de ler sobre, enfim, ótimo post, pensando em comprar o livro agora ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, parabéns. @coisasdalara

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha do livro apesar de nao ser um dos generos que eu gosto de ler, mas o post ficou incrivel! Otima indicação :)

    ResponderExcluir
  4. Que livro incrível, deve ser uma leitura muito enriquecedora entender um pouco do que a Meriam passou. Adorei a sua resenha e a indicação do livro com um tema tão importante para ser abordado

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela parceria. Eu me interessei bastante pelo livro.
    Por ser uma história real acho que eu poderia ficar meio mal em algumas partes mas considero importante lermos coisas que nos tragam conhecimento de mundo também :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  6. Fico feliz que tenha conseguido a parceria ♥ O livro não faz meu estilo nem de longe, mas provavelmente é do tipo que agrada muito aqueles que se identificam com a história. A intensidade do caso e o fato de ter sido escrito por uma jornalista deixa o livro mais sério, com aquela pegada de choque de realidade. Acho isso bem bacana.

    ResponderExcluir
  7. Não é estilo que gosto de ler, mascom certeza a gente pode ganhar muito conhecimento respeito as diferenças religiosas e como uma mulher sofre respeito em paises assim, você explicou tão bem, Parabens !!!

    ResponderExcluir
  8. Primeiro, parabéns pela parceria!
    Estou apaixonada pelo seu livro, vou atrás dele já! Beijo ♥

    ResponderExcluir
  9. que linda resenha vc fez! parabens pela parceria, e nossa! essa parceria começou com um tema fortíssimo neh. falando de intolerancia religiosa e violencia contra a mulher, que passou por todos esses momentos delicados e dificeis ainda gravida e nunca perdeu a sua fe. adorei o tema do livro! bjo Thata

    ResponderExcluir
  10. Oieee!Parabens pela sua resenha e pela parceria! Achei a temática do livro muito pertinente, pois mesmo em pleno 2017, não precisamos ir tão longe para presenciar essas intolerâncias religiosas! Beijossss

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de livros assim! É tão bom ler e sentir o que a pessoa sentiu, faz parecer ainda mais real. A foto do seu café me encantou! Amo café 💜

    ResponderExcluir
  12. Nossa que livro forte hein? Fui lendo a resenha e prendendo a respiração sem perceber. Eu amei a resenha e a história apesar de muito sofrimento, me chamou muito atenção a luta pela fé, e mesmo em meio as dificuldades ela não ter cedido à opressão. A gente reclama tanto do nosso país, mas nessas horas, vendo a liberdade de direitos que temos aqui (até demais), até devemos agradecer a Deus por podermos professar nossa fé de acordo com as nossas crenças. Obrigada pela indicação. Bj



    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da resenha do seu livro. E já quero ler, só de falar sobre a fé e lutar pelo que quer já é uma excelente lição de vida

    ResponderExcluir
  14. Que resenha maravilhosa. Gostei da premissa do livro, e fiquei muito curiosa para saber como termina, pois assuntos desse tipo (intolerância) sempre me chama a atenção. Ah, parabéns por essa parceria :)

    ResponderExcluir
  15. O livro parece muito profundo e interessante! Darei uma procurada na próxima visita a livraria.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. O livro parece muito profundo e interessante! Darei uma procurada na próxima visita a livraria.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Primeiro, parabéns pela parceria!! Que venham mais e mais resenhas :)
    Bom, não conhecia esse livro, mas achei a história bem forte e já quero muito ler!! Obrigada pela indicação ^_^

    ResponderExcluir
  18. Bem interessante esse livro. Me lembrou de alguma maneira A Cabana, que agora está no cinema. Parabéns!!

    ResponderExcluir

Pinterest