Resenha: Simon vs. a agenda homo sapiens | Com amor, Simon (Becky Albertalli)

domingo, março 25, 2018




Oi gente! Tudo bom? Tô muito feliz com a resenha de hoje, pois ela faz parte de um Clube do Livro maravilhoso que estou participando! O Infinistante foi desenvolvido pelas lindas Mel, Loma e Maki, e tem como proposta a leitura de livros escolhidos mensalmente, incentivando o compartilhamento de resenhas e impressões sobre as obras. Infelizmente não consegui participar do primeiro mês do clube, mas nesse mês fiz questão e vim compartilhar a minha primeira resenha dentro desse projeto pra vocês.
Para este mês recebemos duas sugestões de leitura: o livro Me chame pelo seu nome, do André Aciman; e Simon vs. A agenda homo sapiens, da Becky Albertalli. Ambos os livros tem temática LGBTQ+, e ambos foram adaptados para o cinema. Como eu já tinha o eBook da segunda sugestão, esta acabou sendo a minha escolha. 
A adaptação cinematográfica de Simon vs. A agenda homo sapiens recebeu o título de Com amor, Simon, e por isso uma nova edição do livro foi publicada com esse nome. Por isso os dois títulos estão representados ali em cima! Mas ok, depois de tanto falatório, vamos à resenha.


Simon tem 16 anos e se corresponde por e-mail com um garoto que não conhece, mas que divide o mesmo segredo que ele: ambos são gays, mas ainda não contaram isso a ninguém de seu convívio. Eles usam pseudônimos e se conheceram no creeksecrets - um perfil de fofocas no tumblr que comenta acontecimentos da escola em que estudam. Porém a identidade secreta de Simon acaba sendo descoberta por Martin, um colega de sua turma, após ele ter esquecido o e-mail aberto em um dos computadores da escola. Em troca da não divulgação dos e-mails, Martin pede que ele o ajude a conquistar Abby, uma das melhores amigas de Simon. 
Além do conflito interno de Simon em relação a sua sexualidade, a chantagem de Martin se torna mais um problema em sua vida. Com medo que Blue ~ o cara do tumblr ~ descubra sobre o que está rolando e resolva cortar relações, Simon mantém segredo sobre isso também e acaba forçadamente tentando ajudar Martin.


Gostei muito das relações de amizade construídas na história, e da forma como a autora representou os conflitos presentes na descoberta da sexualidade de um jovem. Não é uma história sobre bullying violento ou não aceitação: é sobre relações sociais, amor e auto descobrimento. Uma história leve, que me fez concluir a leitura em dois dias tranquilamente. 


Outra coisa que adorei no livro foi o seu formato, onde podemos ler os e-mails trocados entre o Blue e o Simon (ou Jacques no caso, já que é o pseudônimo que ele adota). Me apaixonei por leituras assim desde Anexos, livro que já resenhei aqui no blog e que também trás vários e-mails em seus capítulos. Outra coisa que adorei foram as menções a Harry Potter que o Simon faz no livro! <3 

ISBN: 978-85-8057-893-5
Editora: Intrínseca 
Nota: 5/5

Agora o que mais preciso é ver Com amor, Simon no cinema! Pra deixar todo mundo com gostinho de quero mais, vamos ver o trailer do filme:

[PS: este trailer tem spoilers do livro, apesar de ser apenas uma adaptação da história. Se quer ler o livro antes de ver o filme, recomendo que não assista]



Alguém por aí já leu ou assistiu a adaptação dessa obra?
Me contem nos comentários!
xoxo

Posts Relacionados

0 comentários

Pinterest