Resenha: Vidas muito boas (J.K. Rowling)

sexta-feira, fevereiro 08, 2019

Capa do livro Vidas muito boas

Gosto tando do que a J.K. Rowling escreve que eu acho que leria até a lista de supermercado dela. Como fã de Harry Potter eu praticamente cresci lendo a autora, e depois vieram as outras produções: o livro Morte Súbita e os suspenses publicados por ela sob o pseudônimo de Robert Galbraith. Amei todos, mas um livro da autora ainda estava pendente na minha lista de leitura. Vidas muito boas foi um discurso escrito e realizado pela J.K. para uma turma de graduandos de Harvard, no ano de 2008.

resenha vidas muito boas

SINOPSE: Como podemos aproveitar o fracasso?” “Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?”. J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em Vidas muito boas, versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard, que chega às livrarias brasileiras no dia 7 de outubro. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras.

vidas muito boas capa

O livro é curtinho: se não fosse pelas belas ilustrações, teria bem menos que suas 70 páginas. Foi publicado pela editora Rocco e eu li em sua versão capa dura, que possui uma jacket bem lindinha e uma capa branca simples. O livro foi impresso em papel de ótima qualidade, com folhas amareladas e de espessura um pouco mais grossa que os livros comuns. 

livro vidas muito boas

Logo na capa lemos que o livro fala sobre "as vantagens do fracasso e a importância da imaginação". Iniciei a leitura do discurso imaginando que esses temas seriam altamente explorados, mas sendo bem sincera, não vi muita coisa sendo elaborada a respeito. A fala da autora trouxe um pouco sobre a sua vida e as dificuldades que enfrentou em seu percurso como escritora - muitas das quais já conhecia através de suas entrevistas -, apresentando um pouco de sua trajetória inspiradora.

vidas muito boas

Considerando o que li, julgo Vidas muito boas como um bom discurso. Não espetacular, não transformador, mas um bom discurso. Eu mesma não conseguiria escrever nem metade do que essa mulher escreveu, então não posso julgar muita coisa sobre isso. Mas sendo fã da autora, eu meio que esperava um pouquinho mais. Esperava me sentir energizada. Mas, infelizmente, isso não rolou. 

vidas muito boas j.k. rowling

Livro bonito, autora incrível - mas que tem nos decepcionado um pouco ultimamente com suas declarações polêmicas no twitter. Se você é fã da autora e faz questão de ler tudo que ela publica, eu recomendo a aquisição. Se não se enquadra nessa categoria... Bom, aí fica a seu critério. Em uma avaliação geral, a minha nota é 3/5 ⭐ 

frase vidas muito boas jk rowling

por apenas R$18

ISBN: 978-85-325-3087-5

Posts Relacionados

6 comentários.

  1. E eu ainda nem li o Harry Potter XD Nas ultimas vezes na internet ela tem metido umas gafes que me brocharam dela. Mas legal saber que ela consegue sair d gênero de fantasia e ficção. É inegável que ela escreve muito bem.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  2. Gostei um do tema e de saber que fala um pouco da trajetória dela, apesar de gostar de Harry Potter, nunca me aprofundei muito sobre a autora, acho que talvez um dia eu faça essa aquisição, vai entrar para minha lista mas não como prioridade.

    www.agendaleatoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. olá!
    Não conhecia este livro, aliás não conhecia outra obra da autora que não fosse Harry Potter. Valeu a dica.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Amei tua resenha, principalmente de como você fala das características físicas do livro (quase nunca vejo as pessoas mencionando).
    Eu amo esse discurso e amei como ele foi publicado em livro (acho lindo a capa dura dele). Entendo você não ter se sentido tão motivada assim com ele, mas acho que é um dos meus favoritos, de todos os outros discursos que já vi nas formaturas em Harvard haha
    Parabéns pela resenha, vc escreve mt bem!!

    ResponderExcluir
  5. Menina, me enquandro na segunda opção, sou fã de HP desde pequena e me apaixonei por Cormoran Strike, mas não consigo me atrair pelas coisas de não-ficção que ela escreve e por isso não me incomodo em ler. Sua resenha matou o tiquinho de curiosidade que eu tinha kkk Empreguei meu money em outro livro que eu quero kkk

    http://blink-moments.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, eu gosto muito do universo que a J.K cria nos livros, apesar de não ser uma fã super assídua com as obras dela. Não sabia desse livro, mas achei bonito, gostei do milimalismo. Mas como você disse, devido a ser ela, no fundo, sempre esperamos um pouco além. De qualquer forma, acho a leitura super válida :) Uma boa dica! Abraços!

    ResponderExcluir

Pinterest